Início EDA PLANO DE CONTINGÊNCIA DO GRUPO EDA - COVID-19

PLANO DE CONTINGÊNCIA DO GRUPO EDA - COVID-19

Uma das consequências do COVID-19 poderá ser um elevado nível de ausências ao trabalho e consequente perturbação no normal desenvolvimento das atividades. 

Perante o quadro e cenários que se afiguram, a resposta a esta ameaça passa pela definição dum Plano de Contingência orientador da atuação a seguir pelas empresas do Grupo EDA.

O Plano de Contingência pretende antecipar e gerir o impacto duma eventual situação de COVID-19 nos colaboradores e no negócio das empresas do Grupo, visando:

  1. Preparar a resposta operacional para minimizar as condições de propagação do COVID-19 e manter os serviços essenciais em funcionamento;
  2. Definir a estrutura de decisão e de coordenação na EDA e nas empresas (modelo de Governo);
  3. Preparar resposta às necessidades de notificação e comunicação, para o interior e para o exterior da empresa (Plano de Comunicação);
  4. Preparar o restabelecimento da situação e atividade normais tão rápido e seguro quanto possível. 


O Plano de Contingência do Grupo EDA tem subjacentes os seguintes princípios enumerados por ordem decrescente de valor percebido:

  1. Salvaguardar a vida de pessoas, reduzindo o risco de contaminação nos locais de trabalho (por via do contacto com colegas ou por contacto com terceiros, nomeadamente o público) e limitando a propagação no interior das instalações do Grupo EDA;
  2. Preservar e proteger o património e a continuidade do negócio, assegurando a manutenção dos serviços essenciais;
  3. Envolver as entidades oficiais que possam garantir o apoio na resolução da situação de crise;
  4. Envolver as entidades que se encontram na cadeia de valor do serviço prestado pelas empresas, ou que possam sofrer interferência de um acontecimento que venha a eclodir na empresa;
  5. Gerir a informação, interna e externa, de modo a surgir na opinião pública como transparente, concisa, clara e verosímil.


O Plano de Contingência do Grupo EDA:

  • Estabelece a composição do respetivo Gabinete de Gestão de Crise;
  • Identifica serviços essenciais, com vista a facilitar a aplicação dos procedimentos definidos pelo estado e autoridades de saúde na preparação para a resposta;
  • Define as condições, recursos e meios para assegurar o funcionamento dos serviços essenciais;
  • Define equipas e postos de trabalho;
  • Identifica as respetivas condições de trabalho no local de trabalho habitual, à distância (teletrabalho) e meios e recursos informáticos;
  • Identifica os postos de trabalho que possam ficar temporariamente desativados e os respetivos colaboradores ausentes do trabalho;
  • Identifica as instalações que possam ser temporariamente desativadas (encerramento das instalações);
  • Identifica a bolsa de potenciais substitutos internos e externos (antigos colaboradores com a experiência requerida);
  • Define as necessidades de formação acelerada para potenciais reservas/substitutos;
  • Identifica formadores e instalações para formação;
  • Define a participação dos Prestadores de Serviços regulares no Plano de Contingência;
  • Identifica os clientes considerados muito importantes que devem ser considerados nos serviços essenciais e incluídos no plano de comunicação;
  • Identifica a necessidade de garantir previamente determinados equipamentos de proteção contra a propagação do vírus: equipamentos de proteção individual para o pessoal operacional (luvas, máscaras, …);
  • Define a utilização pelos clientes dos contactos via telefone e Internet;
  • Define os meios de proteção para o atendimento ao público que não possam ser substituídos por outra via (evitar o contacto livre face-a-face);
  • Identifica eventuais necessidades de aumentar temporariamente a reserva de materiais para obstar eventuais dificuldades na cadeia de fornecimento habitual (contactar com os fornecedores essenciais e conhecer os seus planos de contingência);
  • Estabelece os canais de comunicação com as entidades de saúde e proteção civil locais e regionais (listas de contactos, informação a recolher e a transmitir);
  • Define as Áreas de Isolamento.


O plano de contingência prevê ainda medidas relativas ao condicionamento/suspensão de deslocações de colaboradores que sejam consentâneas com as orientações das autoridades de saúde sobre esta matéria.

​​
Send Us Feedback 
Livro de Reclamações
On-line

Permite aos consumidores apresentar reclamações e submeter pedidos de informação.

www.livroreclamacoes.pt
Fale connosco 
Fale connosco

Tem alguma dúvida? Contate o Call Center.
Ligue para 800 20 25 25 ou
envie email para comercial@eda.pt

​​ Pedidos e Sugestões 
Pedidos e Sugestões

Obtenha uma informação, formule um pedido ou envie uma sugestão.

Preencha o formulário
Trabalhe connosco 
Trabalhe connosco

Conheça as nossas vagas e candidate-se a trabalhar connosco.

Clique Aqui
​​
Visitas de Estudo 
Visitas de Estudo

Pretende conhecer os nossos centros produtores?

Agende a sua visita